Categorias
Sem categoria

Nossa resposta à COVID-19

Prezados pacientes,


 Durante as últimas semanas, temos pensado em cada um de vocês nas decisões que tomamos. Sabemos que todos foram impactados, mesmo que de formas diferentes, pela pandemia do novo Coronavírus. Acreditamos, mais do que nunca, que tais dificuldades são passageiras, e com responsabilidade superaremos este momento. 

A odontologia, segundo o Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais, é considerada um serviço essencial, portanto, estamos funcionando parcialmente, de modo a garantir a segurança de nossos pacientes, sem deixá-los desamparados em caso de emergências. Nesse cenário, decidimos adotar algumas medidas de segurança recomendadas pela Organização Mundial da Saúde em relação à pandemia da COVID-19:

  • O número de dentistas trabalhando simultaneamente foi reduzido consideravelmente.
  • Todos os dentistas estão usando jaleco que cobre o pescoço, mascaras de nariz e boca, óculos de proteção e máscaras de acetato, que cobrem toda a face.
  • Os horários de atendimento são intercalados, para que a distância de segurança seja respeitada em todos os ambientes da clínica.
  •  Deixamos álcool em gel 70% disponível na recepção. 

Vivemos um momento desafiador, mas também de muita solidariedade. Apesar de estarmos distantes, juntos iremos vencer a batalha contra a COVID-19.

Desejamos revê-los em breve,
Equipe Alegro Clínica

Categorias
Sem categoria

Como evitar a sensibilidade após clareamento nos dentes

A busca por um sorriso estético fez com que procedimentos, como o clareamento dental, se tornassem cada vez mais comuns. Mas a sensibilidade após clareamento pode ser um empecilho para a adesão dos pacientes a esse método.

No entanto, é visto que, ao buscar profissionais de confiança e seguir as orientações que eles determinam, certamente, o sorriso perfeito virá como resultado, sem gerar efeitos colaterais significativos.

Deseja clarear seus dentes, mas tem medo dos efeitos da sensibilidade que o processo pode trazer? Então, continue a leitura, pois, neste artigo, esclareceremos como é possível ter os dentes perfeitos, evitando efeitos indesejados.

O que é o clareamento dental?

O clareamento da arcada dentária é uma técnica tradicional do ramo da odontologia, que visa um sorriso harmonioso e dentes mais brancos. Durante o processo da alimentação, certos alimentos favorecem o aparecimento de manchas escurecidas na dentição, causando desconforto para o paciente ao sorrir. Exemplo disso são as bebidas ricas em corantes, como refrigerantes e café. 

Logo, para que o processo de clareamento seja efetivo, é importante que o paciente evite alimentos que possam deixar os dentes com uma coloração diferente antes e depois da utilização da técnica odontológica.

Ainda, é importante dizer também como funciona o processo de clareamento. Basicamente, que é dividido em duas técnicas que utilizam gel clareador: a caseira e a realizada no consultório.

tratamento caseiro é feito usando um molde removível com um produto clareador, a base de peróxido de hidrogênio. Em contrapartida, o clareamento em consultório, utiliza o mesmo produto, mas em uma concentração maior e, além disso, é associado ao laser, que potencializa a ação clareadora do gel.

Qual o motivo da sensibilidade após clareamento?

A sensibilidade dental causa um desconforto significativo no paciente ao se alimentar, gerando grandes danos na saúde oral. Normalmente, essa alteração sensitiva ocorre devido à alteração do esmalte dental, na estrutura do dente por conta da má higiene e de clareamentos.

No caso do clareamento odontológico, em especial, é possível notar que o efeito da sensibilidade está diretamente ligado à técnica aplicada e à adesão do paciente às orientações fornecidas pelo odontólogo responsável pelo procedimento.

Levando em consideração o impacto que a sensibilidade pode gerar na vida do paciente, preparamos algumas dicas para que ela seja evitada. Confira!

Usar clareadores com concentrações menores

A concentração do clareador é diretamente proporcional às chances de sensibilidade, ou seja, quanto mais concentrado o produto, maiores são as possibilidades de efeitos colaterais.

Uma dica para evitar que isso ocorra, é a utilização de laser no consultório odontológico. Por meio dele, o dentista conseguirá utilizar uma porção menor do produto, minimizando, assim, a ocorrência de sensibilidade após clareamento.

Além disso, no caso de tratamento caseiro, é importante que o profissional oriente o paciente a respeito da quantidade de gel a ser aplicado e sobre as restrições alimentares necessárias para um bom resultado.

Utilizar cremes dentais especiais

Os produtos utilizados para o clareamento são abrasivos, por isso, aumentam a sensibilidade da arcada dentária. Logo, é importante que o dentista prescreva cremes dentais específicos para diminuir os efeitos causados por esse procedimento.

Escolher uma boa escova de dentes

O tipo de cerdas da escova pode influenciar no padrão da limpeza dos dentes e, além disso, aumentar a sensibilidade da dentição, quando escolhida de forma incorreta. As mais indicadas são as macias e de superfície arredondada.

Fazer uso de flúor

O flúor é um aliado importante para a proteção dos dentes. E, por agir como uma barreira protetora, ele pode ajudar no combate da sensibilidade após clareamento. 

Por fim, sabemos que a efetividade do procedimento depende do profissional que o realiza. Portanto, é importante escolher um dentista capacitado na área do clareamento. Ademais, a supervisão após o procedimento deve ser recomendada, pois, ela é capaz de reduzir as chances de aumento da sensibilidade dental.

Você sabia que o clareamento dental podia gerar sensibilidade nos dentes? Entendeu como esse processo pode ser minimizado? Gostaria de ficar por dentro de mais dicas sobre a saúde e a estética no ramo da odontologia? Então, nos acompanhe pelas redes sociais e curta nossa página no Facebook!

Categorias
Sem categoria

Conheça o Invisalign

Este é um post teste, retirado de OdontoCompany

Seu sonho sempre foi ter dentes alinhados e um sorriso perfeito, mas você se considera velho para aderir aos clássicos aparelhos metálicos? O invisalign pode ser a solução ideal para você, finalmente, alcançar esse sonho.

Talvez você esteja se perguntando: mas o que é invisalign? Para tirar todas as suas dúvidas, vamos explicar tudo o que é preciso saber sobre esse tipo de aparelho e por que ele pode ser a melhor opção para você. Continue a leitura e confira!

O que é invisalign?

É uma alternativa cada vez mais procurada aos aparelhos ortodônticos convencionais. Diferentemente dos aparelhos metálicos, que ficam colados aos dentes, o invisalign utiliza jogos de moldeiras transparentes feitas sob medida para cada paciente.

Essas moldeiras são chamadas de alinhadores e são trocados a cada 15 dias conforme as orientações do dentista. Todo o tratamento é simulado por um software em 3D e é possível visualizar detalhadamente o processo do começo ao fim.

Para que serve esse tipo de aparelho?

É um erro pensar que o invisalign serve apenas para os casos mais simples. Esse conceito ficou para trás e hoje é possível tratar até os problemas mais severos com os alinhadores.

Entre os casos que podem ser resolvidos estão:

  • dentes apinhados;
  • dentes muito espaçados;
  • mordida cruzada;
  • sobremordida;
  • prognatismo.

Apesar do leque de problemas que o aparelho pode resolver, é importante ter em mente que cada caso é único e somente um profissional qualificado está apto a avaliar o seu sorriso e garantir que esse é o aparelho indicado.

Quais as características do aparelho?

O invisalign é composto por aparelhos transparentes e totalmente removíveis, ou seja, você pode retirar os alinhadores para comer, beber e escovar os dentes. São confeccionados em placas de material acrílico que garantem conforto e permitem a movimentação e alinhamento dos dentes.

O tratamento, diferente dos aparelhos convencionais, possibilita consultas mais rápidas, pois não há a necessidade de ajustes nem reparos de peças quebradas.

Quais as vantagens em relação ao aparelho metálico?

As vantagens desse tratamento são inúmeras e a principal é o fator estético. Por serem completamente transparentes, os alinhadores ficam invisíveis e não comprometem em nada o sorriso. São a melhor opção, portanto, para quem trabalha diretamente com a imagem ou se considera velho demais para os aparelhos convencionais.

Outra vantagem é a higiene. Por serem removíveis, os alinhadores possibilitam que o paciente realize os procedimentos de higiene bucal sem dificuldade. A facilidade de retirar os aparelhos quando preciso também será um ponto positivo na alimentação, tendo em vista que não é preciso se preocupar com alimentos muito duros ou que fiquem grudados no aparelho.

Quando utilizar esse aparelho?

Como vimos, o invisalign garante um tratamento excelente e pode ser utilizado em praticamente todos os casos em que o aparelho tradicional seria utilizado. Ele é a melhor opção para pessoas que não se sentem confortáveis com a ideia do aparelho fixo e também para quem trabalha com a imagem, como atores e repórteres.

Quer entender se essa é a melhor opção para você? Procure um profissional credenciado e especializado para avaliar seu caso, montar seu planejamento e iniciar o tratamento com o invisalign.

Agora que você já sabe o que é invisalign, que tal receber mais dicas sobre saúde bucal? Assine nossa newsletter e receba diretamente em seu e-mail.

Categorias
Sem categoria

Clareamento a Laser ou Caseiro: Qual fazer?

      É uma dúvida frequente: qual clareamento devo fazer, o de gel caseiro ou o de consultório, a laser?  Para descobrir a resposta, vamos entender a diferença entre os dois.
      Como funciona o clareamento?       O processo de clareamento é feito, tanto no consultório, quanto em casa, por meio de um gel. Esse gel é feito de peróxido de hidrogênio, que entra em contato com os dentes e sofre uma reação química, que clareia os dentes.       Muitas pessoas, traumatizadas pelos métodos antigos, tem receio de fazer o clareamento. Porém, hoje essa técnica evoluiu muito, e o clareamento é feito sem qualquer tipo de dano ao dente. É interessante também mencionar que o processo não gera nenhum tipo de dor e é muito tranquilo e seguro.       Os resultados do clareamentos são previsíveis e calculados pelo dentista. Ao contrário do que muitos pensam, a lógica do “quanto mais claro, melhor” não se aplica ao pé da letra. Fatores como cor da pele e dos lábios são observados, tudo para evitar que o sorriso tenha um aspecto artificial. 
     Posso comprar o gel e fazer o clareamento em casa?L​​       É comum que tentado pelo preço mais baixo, um paciente compre um gel clareador na internet, ou até mesmo em camelôs sem orientação de um dentista. Essa prática é extremamente perigosa.      Por terem uma alta demanda, vídeos de métodos caseiros de clareamento são encontrados com facilidade na internet. Um gel clareador de origem duvidosa e marca desconhecida, ou até receitas caseiras são clássicos na rede. Para a aplicação, o improviso toma conta das fabricações de moldeiras: água quente com silicones genéricos e pré moldados e até papel alumínio são algumas das opções.      O grande problema dessas práticas são as consequências, muitas vezes irreversíveis, que um uso não supervisionado pode trazer. O gel tem que ser dosado corretamente e sua concentração também. Por ser um produto destinado a dentistas, muitas pessoas usam produtos muito fortes em regiões sensíveis, o que pode causar manchas permanentes no dente.    E os perigos não param por aí: sangramento na gengiva, inflamações na bochecha e úlceras também podem ser observadas em pessoas que utilizaram produtos sem a supervisão de um dentista. 
    Mas afinal, qual é o melhor tipo de clareamento?

         Como dito acima, o clareamento é feito por um gel, que contém peróxido de hidrogênio (ou cabamida), uma substância química forte . Portanto, a concentração dessa substância no gel é diferente dependendo do resultado desejado e do tipo de tratamento.      

 No tratamento de consultório, a concentração dessa substância é bem maior, e por este motivo o gel se torna mais efetivo e mais agressivo. A essas concentrações, é imprescindível a presença de um dentista. Caso a substância em altas concentrações entre em contato com qualquer outra parte do corpo, senão o dente, podem haver queimaduras. Para evitar que isso aconteça, a gengiva é completamente isolada no processo e o gel é aplicado por um dentista. Em razão do poder de ação do gel de consultório e do laser, em poucas consultas (de uma até três, geralmente) é possível perceber o resultado.  

Já o clareamento caseiro é feito a partir de uma moldeira de silicone, feita pelo dentista, e um gel com concentração mais baixa do que o usado em consultório. Ele demora mais sessões para atingir o resultado esperado, porém é menos agressivo e ainda tem a comodidade de ser feito em casa. Em geral, o clareamento caseiro dura de duas à quatro semanas. 

  Porém, nós ainda não respondemos sua pergunta: qual você deve fazer? Depende. Você está disposto à ir algumas vezes em seu dentista para ter um resultado mais rápido, ou prefere a comodidade da sua casa em um tratamento mais lento. Porém, na grande maioria das vezes, os dentistas optam por fazer tratamentos complementares, utilizando as duas técnicas. Esse método reúne “o melhor dos dois mundos” e permite um resultado mais satisfatório.   

Independente da opção que você escolher, conte com a Alegro para deixar seu sorriso mais claro. Junte aos nossos especialistas em criar sorrisos e aos mais de 50 mil pacientes já satisfeitos. Se quiser ajuda, ligue para (31)3271-4434 ou mande um email para centro@alegroclinica.com.br